quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Diário de um futebolista - capítulo 5 (Um treino super importante)



No dia seguinte fomos ter ao campo de treinos ter com o treinador para fazermos o treino super importante. 
O nosso treinador queria anunciar uma nova contratação para a equipa: o Marques. Este jogador era um médio-centro do clube Carga Pesada FC (um dos maiores rivais do Bola na Trave FC). O Marques era um ótimo médio centro que também podia jogar a médio direito.
No treino fizemos um jogo entre nós em que a minha equipa ganhou por 4-2 em que eu fiz um hat-trick.
Quando fomos para os nossos quartos, o treinador chegou lá e disse-nos a formação para o próximo jogo que seria contra o Elvas.
A formação era a seguinte:

A formação era a mesma do jogo contra o Porto mas, desta vez sem o Jorge que havia sido substituído pelo Marques     

A formação era a mesma do jogo contra o Porto mas, desta vez sem o Jorge que havia sido substituído pelo Marques.

Próximo capítulo: O jogo contra o Elvas.

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Diário de um Futebolista - Índice

Olá eu sou o Tomás Silva mas, toda a gente me trata por Tom. Nasci em Lisboa (capital de Portugal) a 17 de setembro de 1975 e este é o meu diário e a história da minha vida: de jogador a treinador...

 

ÍNDICE 

Capítulo 1 - O Começo
Capítulo 2 - No Belenenses
Capítulo 3 -  Primeiro Jogo da Temporada
Capítulo 4 - Rescaldo da Derrota
Capítulo 5 - Um Treino Super Interessante
 



quarta-feira, 18 de julho de 2018

Diário de um futebolista - capítulo 4 (Rescaldo da derrota)

http://juniorknoow.blogspot.com/2018/07/diario-de-um-futebolista-capitulo-3.html

Quando chegámos ao balneário, o nosso treinador disse que tínhamos jogado muito bem e, se calhar, até melhor do que eles. Também nos disse que era só o primeiro jogo e que ainda havia muito campeonato pela frente.
No dia seguinte, a nossa equipa teve um treino especial para nos prepararmos para o próximo jogo mas, algo terrível aconteceu: o Jorge lesionou-se no treino e irá ficar de fora dos relvados pelo menos 1 mês.
O treinador disse para nós não nos preocuparmos porque a nossa equipa continuava forte e eficaz. Nessa mesma tarde, fomos ter a nossa primeira aula na escola do ano (a escola era nas instalações do clube).
Ao fim desta 1ª jornada, no campeonato, estávamos em 12º lugar de 14 equipas com 0 pontos.





Nessa noite, os meus pais ligaram-me e disseram para não me preocupar porque ainda havia muito campeonato pela frente     

Nessa noite, os meus pais ligaram-me e disseram para não me preocupar porque ainda havia muito campeonato pela frente.
De repente, o treinador entrou no meu quarto a dizer que precisava que todos os jogadores tivessem reunidos no campo de treinos para um treino muito importante.

Próximo capítulo: Um treino super importante.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Diário de um futebolista - capítulo 3 (Primeiro Jogo da Temporada)

 https://juniorknoow.blogspot.com/2018/07/diario-de-um-futebolista-capitulo-2-no.html

As duas equipas já estavam prontas para se defrontar no Estádio do Restelo para o início da temporada.
O nosso treinador disse-nos algumas dicas como, por exemplo, pressionar muito os defesas do FC Porto. 
Esta era a formação do FC Porto:
O capitão deles era o Topê, um defesa muito alto que ganhava muitas bolas no jogo aéreo


O capitão deles era o Topê, um defesa muito alto que ganhava muitas bolas no jogo aéreo.
Com as duas equipas em campo, o árbitro dá início à partida. Era o momento pelo qual todos nós ansiávamos. A bola segue nossa e aos 4 minutos fizemos o primeiro lance de perigo para a baliza portista, com um cruzamento fantástico do Luís (extremo-direito) para eu cabecear mas, o guarda-redes Marco fez uma belíssima defesa.
Aos 10 minutos foi a vez do ataque portista tentar a sua sorte fazendo com que o médio António chutasse a bola e fizesse tremer a trave da baliza de Lucas. Logo no instante seguinte, o lateral Zeca fez-me uma falta perto da grande área do Porto. O nosso capitão Ricardo foi chamado para bater o livre. Deu muito balanço, chutou e...

Foi GOLO do BELENENSES! :)    1x0

O resto da 1ª parte não teve lá muita emoção e o árbitro apitou para o intervalo.
Quando chegámos ao balneário, o nosso treinador elogiou-nos por termos feito um golo e de estarmos a ganhar 1x0 ao Porto. Também nos disse para nos concentrarmos mais nesta 2ª parte porque, agora, o Porto deveria vir mais motivado para os 45 minutos finais da partida.
O árbitro apita e dá início à segunda parte. A bola desta vez segue do Porto e aos 55 minutos este faz tremer a trave da baliza de Lucas pela segunda vez mas, desta vez, quem foi o dono do remate foi o ponta de lança Rui.
Aos 60 minutos, Carlitos (extremo esquerdo portista) sofre uma falta na grande área do Belenenses. Quem fez a falta foi o nosso lateral esquerdo Manel que levou cartão amarelo.
Rui foi chamado para bater o penalti, dá balanço, chuta para o canto superior direito e...

Foi Golo do Porto! :(    1x1 

O nosso guarda-redes não teve chances para apanhar aquela bola fortíssima.
Nesse momento o nosso treinador fez duas substituições trocando o Jorge pelo Sandro e o Pedro pelo Edgar.
O jogo esteve meio "morto" até que o árbitro dá 2 minutos de compensação. Nessa altura, o treinador portista faz uma substituição trocando o Paulo pelo Xico.
Aos 92 minutos é canto para o Porto. Carlitos bate o canto, Topê sobe às alturas, cabeceia para a baliza e...

Lucas defende...
mas a bola sobra para João que chuta e...

Faz o GOLO do PORTO! :(    1x2

O árbitro apita para o final da partida entre Belenenses e Porto.
Eu e a minha equipa fomos com a cabeça baixa e muito tristes em direção ao balneário.


Próximo capítulo: Rescaldo da derrota

http://juniorknoow.blogspot.com/2018/07/diario-de-um-futebolista-capitulo-4.html

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Diário de um futebolista - capítulo 2 (No Belenenses)

https://juniorknoow.blogspot.com/2018/07/diario-de-um-futebolista-capitulo-2-no.html 


Ano de 1987
Quando cheguei ao clube fui logo ter com o presidente daquela época, António Freire. Ele disse-me que eu era um jogador com grande talento e que até tinha futuro para jogar no profissional.
De seguida, fui fazer o meu primeiro treino com a equipa de juniores de 12 anos. Conheci vários novos amigos como o João e o Mário que eram os defesas centrais titulares. O capitão da nossa equipa chamava-se Ricardo e tinha um ar de mau mas, era um grande lateral direito. 
O treino tinha corrido bastante bem a mim e ao meu amigo Lucas que também tinha sido contratado pelo Belenenses ao Bola na Trave FC.
Quando já estávamos todos nos balneários, o nosso treinador disse-nos as posições que íamos representar durante a temporada. Como já eu esperava, o treinador disse que eu seria ponta de lança devido ao facto de marcar muitos golos.
Quando me foram apresentar o quarto, (nós dormíamos lá numas instalações do clube) percebi que ia ficar no mesmo do Lucas, do João, do Mário e do Ricardo.
No dia seguinte, o treinador deu-nos a formação do primeiro jogo da temporada que era contra o FC Porto. A formação era a seguinte:
  • Atacantes: Carlos, Tom (eu) e Luís
  •  Médios: Pedro, José e Jorge
  • Defesas: Manel, João, Mário e Ricardo
  • Guarda-redes: Lucas




Próximo capítulo: O primeiro jogo da temporada     

Próximo capítulo: O primeiro jogo da temporada
http://juniorknoow.blogspot.com/2018/07/diario-de-um-futebolista-capitulo-3.html



Para ver a história no wattpad aceda este link.

Abramites (peixe)

Este peixe mede cerca de 13 centímetros e é um peixe de água doce.
A localização é nos rios Orinoco e Amazonas. A sua dieta é herbívora ou seja, tem de comer muitos vegetais e algas.


IMAGEM DO JOGO FISHAO

Abramis brama (peixe)

Este peixe, mais conhecido por Brema, é um peixe de água doce e a sua distribuição corresponde à Ásia e à Europa.
Este peixe é muito comum na pesca desportiva e é muito fácil de pescá-lo.


IMAGEM DO JOGO FISHAO